Amaro Antunes: «Nunca pensei estar já nesta posição»

Escolheu a fuga certa e aproveitou o tempo ganho para subir ao 6.º lugar da geral

• Foto: Filipe Farinha

A presença de Amaro Antunes (CCC) no Giro chegou a estar em dúvida devido a uma lesão num tendão de Aquiles e o português até disse que ia apostar numa estratégia de "gestão de esforço" para se apresentar bem na 3ª semana. No entanto, o algarvio encontra-se, no final da sexta etapa, no sexto posto da geral. E como é que isto aconteceu? Numa etapa em que já se esperava que a Jumbo-Visma ‘entregasse’ a camisola rosa, o ciclista português apostou na fuga certa e, com o tempo ganho, conseguiu subir 38 posições na geral.

Na etapa vencida por Valerio Conti (UAE), que é o novo líder, o antigo corredor da W52-FC Porto fechou em 10º, não tendo conseguido seguir os ataques vitoriosos. Mesmo assim, Amaro Antunes mostra-se orgulhoso com esta prestação. "Não poderia estar mais feliz com este resultado. Numa etapa muito, dura consegui seguir na frente e subir na geral. Nunca pensei estar já nesta posição", frisa o corredor a Record, ele que promete dar tudo até final: "É uma prova muito longa e temos de a encarar dia a dia. Estou bem posicionado e sei que a equipa vai estar ao meu lado, mas tenho de continuar a trabalhar bem."

Susto para Roglic

Depois de Tom Dumoulin (Sunweb) ter abandonado no dia anterior, foi a vez de Primoz Roglic (Jumbo-Visma) apanhar um valente susto durante a etapa de ontem. O ex-líder desta prova foi ‘apanhado’ numa queda no início da tirada e ficou com marcas bem visíveis no corpo. No entanto, apesar do susto, o esloveno continua em prova.

Por Alexandre Reis e Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Giro

Notícias

Notícias Mais Vistas