Peter Sagan multado por conduta imprópria e por "intimidar" os outros corredores

Eslovaco punido pela UCI por uma razão inusitada

O eslovaco Peter Sagan, da Bora-Hansgrohe, foi punido em 50 pontos UCI e multado em 1000 francos (914 euros) por "intimidação e conduta imprópria para com outros corredores" no decurso da etapa 18 do Giro'2021, segundo comunicou esta quinta-feira a organização da prova italiana. Não se sabe ao certo o momento que terá levado à punição, mas Sagan e o seu colega de equipa Daniel Oss foram presença notada na frente do pelotão durante largos quilómetros, numa atitude de controlo da corrida para impedir fugas indesejadas.

A fuga do dia acabaria apenas por sair ao cabo de 60 quilométros, de onde resultaria a vitória de Alberto Bettiol (EF Education-Nippo), com mais de 22 minutos de avanço para o pelotão. Uma escapada que, refira-se, acabou por não mexer na luta do próprio Sagan, que está no comando da camisola dos pontos, com 135, mais 22 do que Davide Cimolai, quando faltam apenas duas etapas em linha antes da chegada a Milão.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Giro

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.