Volta a Itália 2018 vai começar em Israel

Pela primeira vez fora da Europa

• Foto: Reuters

A edição de 2018 da Volta a Itália vai partir de Jerusalém, em Israel, arrancando pela primeira vez fora do território europeu em 101 anos de história, anunciou esta quinta-feira a organização.

"Será o maior evento desportivo celebrado em Israel", sublinhou uma nota de imprensa da organização, acrescentando que é a primeira das três grandes voltas a cruzar as fronteiras continentais.

Durante três dias, os corredores vão percorrer um itinerário que ainda não foi revelado, apesar de ser conhecido que ocorrerá nos arredores da cidade velha de Jerusalém.

A cidade cercada situa-se na parte este da cidade, território ocupado por Israel em 1967 e anexado em 1980 numa decisão não aprovada até hoje pela comunidade internacional.

A partida do Giro de Jerusalém vai ser apresentada na próxima segunda-feira, num ato que vai contar com o presidente da câmara local, Nir Barkat, o ministro dos Desportos de Itália, Luca Lotti, os responsáveis pelas pastas da cultura e desporto, Miri Regev, e Turismo, Yariv Levin, assim como o diretor da corrida, Mauro Vegni, e os corredores Ivan Basso e Alberto Contador, que anunciou recentemente o abandono.


Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Giro

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.