Alaphilippe: «Quero fazer o Tour, claro, mas também há dúvidas acerca da minha condição física»

Francês sofreu grave queda há dois meses

• Foto: Reuters
Julian Alaphilippe quer competir na Volta a França de 2022, que se inicia na próxima sexta-feira, a partir da Dinamarca, revelou esta sexta-feira o próprio ciclista francês, dois meses após a grave queda que sofreu.


"Quero fazer o Tour, claro, mas também há dúvidas acerca da minha condição física e a escolha da equipa [no seio da equipa belga Deceuninck-Quick Step], terá de ser tomada ao mais alto nível" explicou Alaphilippe, que pode regressar à competição depois de ter sofrido um hemopneumotórax e múltiplas fraturas [costelas e escápulas], na sequência de uma queda na classica Liège-Bastogne-Liège.

Julian Alaphilippe só conseguiu dispor de três semanas de treino antes de participar na prova de estrada do Campeonato Francês que decorre no domingo e que marcará seu retorno à competição, segundo seu treinador e primo, Frank Alaphilippe. "Há várias opções em cima da mesa, uma delas é competir no Tour, o que pode ser bom, outra é não participar, dando mais algum tempo para eu voltar na melhor forma", disse Alaphilippe, que confessou ter ficado doente antes do estágio, o que o fez perder alguns dias de treino.

Alaphilippe, que fez 30 anos no início de junho, venceu uma etapa da Volta ao País Basco, no início de abril e revelou não ter feito treinos especialmente longos desde o final da sua convalescença e que preferiu retomar o seu ritmo sem necessariamente seguir os outros".

A 109ª edição da prova de etapas mais importante do ciclismo internacional começa na próxima sexta-feira, dia 1 de julho, em Copenhaga, capital da Dinamarca, e termina em 24 de julho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tour

Notícias

Notícias Mais Vistas