André Greipel abandona o ciclismo no final da época

Sprinter alemão tem um total de 158 vitórias na carreira

• Foto: Reuters

O sprinter alemão André Greipel (Israel Start-Up Nation) anunciou este sábado que vai retirar-se do ciclismo no final da temporada, pelo que a etapa de domingo será a sua última na Volta a França, onde ganhou 11 etapas.

"A etapa de amanhã [domingo] será definitivamente a minha última no Tour. No final do ano, colocarei um ponto final da minha carreira", revelou o 'Gorila' num vídeo difundido nas redes sociais da sua equipa, antes do início do contrarrelógio da 20.ª tirada da Volta a França.

Grande rival de Mark Cavendish nos sprints no início da década de 2010, Greipel, que na sexta-feira cumpriu 39 anos, declarou-se "muito feliz" com tudo aquilo que conquistou ao longo da sua carreira.

Vencedor de 11 etapas no Tour entre 2011 e 2016, sete no Giro e quatro na Vuelta, o alemão tem um total de 158 vitórias na carreira.

"Não olho para trás com arrependimentos, olho sim para o futuro com muita felicidade, porque vou poder fazer o que me apetecer, sofrer quando me apetecer, e passar muito tempo com a minha família", disse, prometendo ficar ligado ao ciclismo e agradecendo a todos os que o apoiaram ao longo da carreira.

Profissional desde 2006 na extinta T-Mobile, o veterano alemão passou pela Team High Road, posteriormente batizada Columbia (2008-2010), antes de viver os melhores anos em termos de resultados na Lotto, entre 2011 e 2018.

Antes de assinar contrato com a Israel Start-Up Nation em 2020, esteve uma época na Arkéa-Samsic.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tour

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.