E se o Tour'2020 for realizado sem adeptos? Governo francês admite possibilidade

A prova seria apenas seguida pela televisão por causa do coronavírus

• Foto: Getty Images

Roxana Maracineanu , ministra do desporto de França, não descarta a possibilidade da Volta a França ser realizada "à porta fechada" devido à pandemia do novo coronavírus.

"Temos abordado a questão do Tour com a ASO, organizadora da competição, mas ainda é muito cedo para tomar uma decisão definitiva", revelou a ministra.

Segundo Maracineanu, "no período de confinamento todos estão conscientes e entendem os benefícios de ficar em casa, favorecendo o meio da televisão em vez do programa ao vivo. Não seria assim tão louco seguir o Tour pela televisão".

"O Tour é um momento único no desporto, mas é muito cedo para decidir, há tempo para vermos o que se pode fazer. Agora temos outra batalha mais urgente e precisamos unir forças face às dificuldades criadas pela pandemia".

A prova gaulesa, normalmente a segunda grande volta do calendário internacional, tem início previsto marcado para 27 de junho e deverá terminar a 17 de julho. No meio desta incerteza, refira-se, já houve até quem tenha falado na possibilidade de juntar as três grandes voltas (Itália, França e Espanha) numa só.

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Tour

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.