Juan Antonio Flecha sobre Rui Costa: «É difícil ser um grande ciclista de 3 semanas»

Antigo ciclista aborda situação do português

• Foto: epa

Depois de 13 anos de profissionalismo, Juan Antonio Flecha virou comentador das principais provas no Eurosport. O espanhol, que terminou a carreira em 2013 na Vacansoleil, após ter passado pela Sky, esteve à conversa com o nosso jornal para dizer que Rui Costa não é ciclista talhado para as grandes voltas. "É difícil ser um grande ciclista de três semanas. É possível que até possa num ano conseguir um bom resultado, mas é complicado ser favorito."

Juan Antonio Flecha não tem dúvidas então que o melhor para o ciclista português e dado até o tempo que já tem de atraso na classificação geral do Tour é vencer etapas. "Ele tem tentado, esteve quase nos Pirenéus. Vai tentar mais vezes", referiu.

Nada decidido

O espanhol, que venceu também ele uma etapa no Tour (2003), considera, de resto, que a vitória está longe se estar atribuída a Chris Froome. "Falta muita corrida e a vantagem que tem é muito curta." De resto, Flecha não espera "grandes diferenças" no Mont Ventoux, na quinta-feira, referindo, por outro lado, que Nairo Quintana e a Movistar "estão no lugar certo" para atacarem o líder.

Sobre a ausência de Alberto Contador disse: "Não sabemos ao certo a que nível ele estava. Mas claro que é um ciclista que faz sempre falta."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tour

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0