Polémica no Tour: ciclistas denunciam "barulhos suspeitos" em bicicletas

Há também questões levantadas quanto ao que é dado aos atletas nos bidões

• Foto: REUTERS

Depois da polémica criada por alguns comentadores quanto a Tadej Pogacar, com alegações de que o esloveno estaria sob influência de substâncias dopantes, mas também pelo 'raide' feito pela polícia no seio da equipa Bahrain-Victorious, o mais recente capítulo extrajogo no Tour'2021 envolve a suspeita levantada por alguns ciclistas quanto ao barulho que se ouve a partir das bicicletas de alguns dos corredores.

As suspeitas foram levantadas no anonimato por três ciclistas do pelotão ao jornal 'Le Temps', sendo que uma delas envolve precisamente Pogacar. Além do esloveno, são revelados ainda os nomes de Mark Cavendish, o grande dominador dos sprints, mas também de Jonas Vingegaard, o segundo colocado na geral à entrada do penúltimo dia. Em causa estão, segundo o relato, "sons metálicos muito estranhos, como que uma corrente mal ajustada". "É um barulho estranho, consigo ouvi-lo quando estou a pedalar. Vem das rodas traseiras. Nunca tinha ouvido nada assim", refere um dos ciclistas.

Confrontado com as alegações, Tadej Pogacar refutou qualquer ilegalidade na sua máquina. "Não sei. Não ouvimos barulho nenhum. Não usamos nada ilegal. Os materiais que usamos são da Campagnolo e da Bora. Não tenho mais nada a dizer", declarou o esloveno, que entra no contrarrelógio deste sábado com 5.45 de avanço para Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma).

Por Record
15
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tour

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.