Organização dá vitória a Pascal Ackermann por sprint irregular de Sam Bennett

Irlandês penalizado; alemão acaba dia a celebrar

A carregar o vídeo ...
Sprint aos encontrões vale desclassificação de Sam Bennett na Vuelta

A organização da Volta a Espanha retirou esta quinta-feira a vitória na nona etapa ao irlandês Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep), por sprint irregular, e atribuiu o triunfo ao alemão Pascal Ackermann (BORA-hansgrohe).

"Bennett foi relegado por sprint irregular. Pascal Ackermann vence a nona etapa", pode ler-se no sítio oficial na Internet da Vuelta, após uma chegada ao sprint em que o irlandês deu dois encontrões, com o ombro, ao letão Emils Liepins (Trek-Segafredo).

Ackermann estreia-se a vencer na Volta a Espanha, após dois triunfos na Volta a Itália, com o belga Gerben Thijssen (Lotto Soudal) a ser promovido a segundo e o também alemão Max Kanter (Sunweb) a subir a terceiro.

A tirada não produziu alterações nos primeiros lugares da geral, que continua a ter Carapaz como primeiro classificado, com 13 segundos de vantagem sobre o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma), segundo, e 28 sobre o irlandês Dan Martin (Israel Start-Up Nation), terceiro.

Na sexta-feira, a 10.ª de 18 etapas liga Castro Urdiales a Suances, ao longo de 185 quilómetros, com apenas uma montanha classificada, o Alto de São Cipriano, de terceira categoria.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Vuelta

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.