Federação apresentou candidatura do curling ao Desporto Escolar

Pedro Farromba diz que a intenção é fazer um projeto-piloto para divulgar a modalidade

• Foto: Getty Images

O Agrupamento de Escolas A Lã e a Neve, na Covilhã, em parceria com a Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP), apresentou uma candidatura para já este ano letivo introduzir o curling no Desporto Escolar.

Pedro Farromba, presidente da FDIP, com sede na Covilhã, diz que a intenção é fazer um projeto-piloto para divulgar a modalidade, testar a adesão dos alunos e incutir o gosto por esta disciplina nos mais novos, para no próximo ano alargar a experiência a outras escolas da região e, no futuro, ao resto do país.

"Queremos expandir o máximo possível a modalidade, apresentá-la a cada vez mais miúdos para, havendo vontade e gosto, que a modalidade possa ter uma aceitação cada vez maior em Portugal", afirmou à agência Lusa Pedro Farromba.

O presidente do Agrupamento de Escolas a Lã e a Neve, Ricardo Silva, ainda aguarda a resposta à candidatura feita ao Desporto Escolar, no âmbito do eixo 'Territórios', que permite às escolas promoverem atividades em parceria com associações e entidades locais.

"Nós já costumamos participar nas atividades da FDIP, por exemplo no Ski 4 All, onde os alunos experimentam o esqui e o snowboard. O curling não implica a deslocação e temos a sorte de ter professores com formação nos desportos de inverno", explicou à agência Lusa Ricardo Silva.

Perante a inexistência de qualquer pista de gelo em Portugal, embora a FDIP tenha planos para construir uma, prevê-se que os treinos decorram nas cinco pistas portáteis doadas este ano pela Federação Mundial de Curling, ao abrigo do Development Assistance Programme, programa de desenvolvimento da modalidade em vários países que não têm condições naturais para a prática.

A intenção é os treinos decorrerem na sede do agrupamento, mas que o professor destacado para a modalidade passe também pelas restantes escolas, para que os alunos mais novos possam ter um primeiro contacto com o curling.

O presidente do Agrupamento Escolar A Lã e a Neve, com 590 alunos, mostra-se satisfeito com a possibilidade de diversificar a oferta no Desporto Escolar, atualmente o futsal e a ginástica acrobática e de grupo.

O curling pratica-se numa pista de gelo e o objetivo das equipas é fazer aproximar o mais perto possível do alvo as pedras de granito lançadas, esfregando com a vassoura o gelo para tentar definir a trajetória.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Desporto Escolar

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.