Canelo Álvarez arrasa Mayweather: «Só tem tirado credibilidade ao boxe»

Mexicano admite que gostava de ter uma desforra com o Money Man

• Foto: Getty Images

O mexicano Canelo Álvarez vai defrontar este sábado Rocky Fielding no Madison Square Garden, mas a poucos dias desse embate não se fala tanto do que pode suceder em Nova Iorque, mas sim de um possível reencontro com Floyd Mayweather e com farpas à mistura. Em declarações ao programa SportsCenter, da ESPN, o mexicano abordou essa possibilidade e declarou, sem papas na língua, que o Money Man apenas tem conseguido retirar credibilidade ao boxe com aquilo que tem feito nos últimos tempos.

"Há muito tempo, desde a nossa primeira luta, que me perguntam sobre uma desforra e tenho essa espinha encravada. Gostava de ter essa possibilidade, para demonstrar outras coisas neste ponto da minha carreira, pois acho que com muito mais experiência tudo seria diferença", começou por dizer, passando depois ao 'ataque'.

"Gostava muito, mas ele é um lutador retirado, que volta e não volta, está com as suas coisas. Sabemos como é, mas se se der a possibilidade e se ele quiser estaria encantado. Para o boxe seria muito bom. Assim ele também daria algo de bom ao boxe, já que ultimamente a única coisa que tem feito é diminuir a sua reputação com as lutas que tem feito. Por isso, a desforra até seria boa para ele", declarou o mexicano de 28 anos, que até ao momento tem 50 vitórias e apenas uma derrota, precisamente com Mayweather.

Lembre-se que Mayweather lutou há ano e meio com Conor McGregor, um lutador de UFC, tendo agendado para o final do ano um insólito duelo de exibição com o japonês Tenshin Nasukawa.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Desportos de combate

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.