Coronavírus: Conor McGregor doa 1 milhão de euros para pessoal médico na Irlanda

Lutador tem sido uma das vozes críticas à ação 'pouco musculada' do governo do país

Conor McGregor tem sido uma das vozes mais críticas da atuação dos responsáveis políticos irlandeses no combate à pandemai da covid-19 e anunciou esta quarta-feira, nas redes sociais, um donativo de um milhão de euros para adquirir equipamento de proteção para os profissionais de saúde nos hospitais da Irlanda. 

"Reconheço uma boa luta quando vejo uma e temos uma em mãos nesta altura", começou por explicar o lutador nas redes sociais. "Quero apelar a todos os meus conterrâneos, o grande povo da Irlanda. Esta luta precisa de todos nós. Estamos no canto vermelho, todos nós, à espera que o sino toque. Mas vamos todos juntos tocar o sino já. Um verdadeiro 'lockdown' tem de começar e começar agora", avisou. 

McGregor tem apontado o dedo à inércia dos responsáveis políticos nas medidas de contenção ao surto do novo coronavírus. "Enquanto ainda debatemos a necessidade de fechar o país, sinto que temos de o fazer. Todo o tempo que passamos nesses debates é tempo perdido", frisou o lutador, de 31 anos, que exortou à ação militar no país para prestar auxílio. "Temos de tomar as mesmas medidas que os país mais afetados mas temos de o fazer mais rapidamente. Temos a vantagem de saber o que aí vem. Mas se não agirmos sobre essa vantagem, não podemos esperar resultados diferentes", avisou.




Por Francisco Laranjeira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Desportos de combate

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.