Red Bull Dolomitenmann: Portugal finaliza prova no top-30

Equipa lusa entrou no top-10 no que a amadores diz respeito

• Foto: Philipp Schuster/Red Bull Content Pool
PUB

Portugal terminou este sábado no 29.º posto o Red Bull Dolomitenmann, aquela que é considerada por muitos como a prova por equipamentos mais exigente do Mundo, no qual a equipa vencedora foi a formação 'internacional' composta por Joseph Gray, Chrigel Maurer, Daniel Geismayr e Lukas Kubrican. Com um elenco composto por Romeu Gouveia (corrida), Nuno Virgílio (parapente), Rúben Almeida (BTT) e António Palavra (caiaque), os portugueses completaram o exigente traçado em 5:32 horas, tendo finalizado o desafio no top-10 no que a equipas amadoras diz respeito.

O primeiro a entrar em ação foi Romeu Gouveia, que completou os 12 quilómetros com 2000 metros D+ até Kuhbodentörl, a 2441 metros de altitude, em 1:53 horas, antes de passar o testemunho a Nuno Virgílio, que seguiu no seu parapente até ao Estádio Dolomiten, ao qual chegou ao cabo de 47:23 minutos. De seguida foi a vez de Rúben Almeida 'pegar' na sua bicicleta, numa excelente performance que lhe valeu o segundo melhor desempenho amador, com 1:14 horas. Embalado pela performance deste, seguiu-se para fechar a aventura António Palavra, que no seu caiaque completou o traçado até Leinz em 44:57 minutos.

Em estreia nestas andanças, o jovem Romeu Gouveia, mostrou-se bastante feliz pela experiência vivida. "Sempre fui fã dos eventos da Red Bull pela aventura, loucura e radicalidade. Após saber que tinha sido o escolhido para a corrida e ter dado uma vista de olhos no evento e na qualidade de atletas tinha como principal objetivo fazer um top 20. Infelizmente não foi possível, nem sempre é como planeamos, e acabei por trabalhar em agosto o que não me permitiu chegar na forma tão desejada ao Dolomitenmann. Mas como os resultados não são tudo, trago de Lienz uma das melhores experiências da minha vida", explicou o atleta da equipa Salomon Suunto Portugal.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
PUB