AMA pede exclusão de russos de todas as competições

Relatório conclui que Governo russo dirigiu programa de dopagem

Richard McLaren, Agência Mundial Antidopagem
Richard McLaren, Agência Mundial Antidopagem • Foto: Reuters

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) pediu esta segunda-feira a exclusão dos atletas russos de todas as competições internacionais, incluindo os Jogos Olímpicos, na sequência da divulgação de um relatório sobre um programa de dopagem com apoio estatal.

"A AMA pede ao movimento desportivo que impeça a participação de atletas russos em competições internacionais, enquanto o país realizar mudanças profundas", refere o organismo em comunicado.

Um relatório independente divulgado hoje pela AMA conclui que o Governo russo dirigiu um programa de dopagem com apoio estatal, com participação ativa do ministro dos Desportos e dos serviços secretos.

O relatório do professor canadiano Richard McLaren refere que o programa "à prova de falhas" foi colocado em prática pelos responsáveis russos, inclusivamente durante os Jogos Olímpicos de Inverno Sochi2014.

De acordo com o documento, o ministro dos Desportos da Rússia, Vitaly Mutko, teve "participação ativa" neste sistema, que teve a assistência dos serviços secretos nos laboratórios antidopagem de Moscovo e Sochi.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.