Bodyboard: Calendário nacional dividido em três circuitos

Prova percorre o país entre março e novembro

Luís Pereira, Joana Schenker e Hugo Pinheiro lançaram o calendário nacional de bodyboard 2019, dividido em três circuitos, que vão percorrer o país de março a novembro.

O circuito nacional Open (que engloba competição masculina, feminina e Dropknee) começa em Peniche já em março, região pontuada por algumas das melhores ondas do país, com destaque para a "rainha" Supertubos, palco de grandes competições internacionais de desportos de ondas, passando pela Costa da Caparica, um dos berços históricos da modalidade em Portugal, seguindo para as ondas de excepção de Santa Cruz, depois Carcavelos, outra praia emblemática, e concluindo nos excelentes "beachbreaks" de São Jacinto.

Um alinhamento que agrada sobremaneira ao campeão nacional em título, Hugo Pinheiro. "Fico contente por termos mais etapas e estarmos a assistir a uma revitalização do bodyboard. Temos visto uma aposta renovada no circuito nacional. É fundamental que os circuitos nacionais sejam mais fortes pois são a base do desporto. Este ano temos etapas em sítios interessantes como S. Jacinto e Peniche. É um alinhamento com spots de grande qualidade e seria muito importante que outros atletas que não competem regularmente viessem atraídos pelo potencial destas provas e aparecessem nestas etapas. Para bem do espectáculo."

Quanto às expectativas pessoais, Pinheiro não assume a tentativa da quinta coroa nacional. "A expectativa é sempre a mesma, fazer o meu melhor e, se o melhor der para  ganhar, óptimo, mas não vou com expectativas. Este ano contamos com quatro etapas para o masculino, pelo que vai ser um ainda mais renhido do que habitualmente. Mas vou também para  encontrar amigos e rivais de sempre. O resultado virá depois." 

Também a pentacampeã nacional Joana Schenker se manifestou muito satisfeita com o figurino do circuito nacional feminino, que encara também como "um bom treino" para o circuito mundial, grande objetivo desta ex-campeã do Mundo. "Fico muito feliz com a escolha de locais para o circuito. Teremos boas praias e, o que também é bom para mim, o circuito acaba antes do arranque do Mundial, pelo que é um excelente treino competitivo. Quanto a objetivos, sei que terei de lidar com a nova geração de bodyboard que está aí em força, mas isso também é um aliciante e estou muito entusiasmada para as provas que aí vêm.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.