Bodyboard: Daniel Fonseca vence em São Jacinto e é campeão nacional open

Peniche fez 'dobradinha', com Hélio Conde a conquistar título de dropknee

Daniel Fonseca venceu este domingo, em São Jacinto, Aveiro, a quarta e derradeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard powered by BBoard TV 2019, conquistando assim o segundo título nacional open da sua carreira. O bodyboarder do Peniche Surfing Clube, de 23 anos, bateu na final o 10 vezes campeão nacional Manuel Centeno, o rival na corrida ao título, Dino Carmo, e o veterano da Associação de Surf da Costa da Caparica, Pedro Carvalho. 

Refira-se que foi a primeira vitória da temporada para Daniel, que partia para esta etapa em terceiro lugar, atrás do líder do "ranking" Ricardo Rosmaninho (Clube Naval Povoense) e de Dino Carmo (Clube de Desportos Alternativos da Nazaré) e, como tal, praticamente obrigado a vencer. 

E a corrida foi mesmo decidida ao "sprint", com Ricardo Rosmaninho a cair nos "quartos" mas Dino Carmo a aguentar até à final, obrigando Fonseca a aplicar todo o seu surf nas ondas de São Jacinto. 

"Vinha com vontade de ganhar e tinha as pessoas certas comigo: o meu treinador, Hélio Conde, os meus pais e a minha namorada. Foram eles que me deram a força que necessitava. E o resto foi São Jacinto, com direitas perfeitas e longas, mesmo ao meu jeito", afirmou Daniel Fonseca, que soma assim mais um título àquele conquistado em 2017. 

Um triunfo que suscita a questão de saber se este poderá ser o início de uma nova era do bodyboard nacional depois de 15 anos de domínio de Manuel Centeno e Hugo Pinheiro... 

"O Manuel e o Hugo mostraram como se domina o circuito nacional e a minha geração aprendeu muito com eles. Este ano tivemos vários nomes jovens a lutar pelo título e é isso que se adivinha que aí vem para os próximos anos. Sempre com o Hugo e o Manuel a chatear-nos, como se viu nesta final [risos]", analisou o novo campeão nacional open. 

"Laranja" campeão de Dropknee 

Entretanto, na competição de Dropknee, Hélio "Laranja" Conde (Peniche Surfing Clube) estava duplamente de parabéns. Não só venceu o título nacional da especialidade ao ficar em segundo lugar da final, atrás de Diogo Pimenta (Miguel Adão foi terceiro e Tiago Maçãs quarto) ,  como viu o pupilo Daniel Fonseca sagrar-se campeão open. Mas confessa que o título de dropknee estava longe de ser um objetivo no arranque da temporada: 

"Não estava à espera de ser campeão nacional, nem sonhava tal coisa. Entrei no dropknee porque sempre gostei deste estilo de bodyboard mas não tinha noção de que poderia ganhar. Aliás, sempre recusei pensar nisso até agora porque tenho muitos anos disto e sei que as contas só se fazem no final." 

Assim, os títulos do circuito nacional de bodyboard powered by BBoard TV 2019 ficam entregues a Daniel Fonseca (open), Joana Schenker (feminino) [Circuito para o feminino terminou a semana passada em Carcavelos] e Hélio Conde (dropknee).

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.