Bodyboard: Dino Carmo, Joana Schenker e David Rafachinho vencem na Costa de Caparica

Segunda etapa do nacional começa a definir contas

Dino Carmo reforçou a candidatura ao título de campeão nacional de Bodyboard Open ao vencer hoje a segunda etapa do circuito nacional 2019 powered by BboardTV, na Costa de Caparica.  

O nazareno superou na final Daniel Fonseca, Manuel Centeno e o local Hélder "Dicha" Mendes para juntar uma vitória ao quarto lugar obtido na primeira etapa, em Peniche o mês passado, e assim alcançar a liderança do "ranking". 

Uma liderança para a qual também contribuiu decisivamente a eliminação precoce de Ricardo Rosmaninho, nos quartos de final da prova, ontem. 

Referência também para Hugo Pinheiro, campeão em título e local da Caparica,  que depois de uma exibição dominadora na véspera, caiu hoje nas meias finais, batido por Daniel Fonseca e Manuel Centeno.

"É uma vitória importante mas ainda não me sinto lançado para a conquista do título. O Daniel Fonseca tem dois segundos lugares, o Manuel Centeno tem um terceiro lugar e o Rosmaninho venceu em Peniche. Qualquer um deles pode ainda vencer o campeonato. É claro que estou muito contente pois estava em ‘jeum’ há dois anos, com várias finais, mas já sentia falta de uma vitória", resumiu Dino Carmo, que este ano não correrá o circuito mundial na íntegra e, como tal, elege o Nacional como principal objetivo.

Joana Schenker soma e segue 

Na competição feminina, Joana Schenker venceu na Caparica pelo quinto ano consecutivo e somou mais um primeiro lugar ao obtido na etapa inaugural, em Peniche, estabelecendo alicerces bem fortes para o sexto título nacional, o "primeiro objetivo da tenporada", afirma a ex-campeã mundial: 

"Estou contente porque estou mais perto do objetivo inicial da temporada. Ainda falta muito campeonato mas estou lançada. Depois gosto muito desta onda, desde que competia nos esperanças que me dou bem aqui. E o percalço que tive aqui no Europeu deu-me um bom tónico para ganhar aqui e lembrar-me que não há heats fáceis", sublinhou Joana Schenker. 

O pódio feminino ficou completo com Madalena e Teresa Padrela nos segundo e terceiro lugares, enquanto Leonor Monteiro foi a quarta classificada. 

Entretanto, na variante de Dropknee, David Rafachinho, atleta da Caparica, foi o vencedor, com o penichense Hélio "Laranja" Conde a conquistar o segundo posto e a subir à liderança do circuito destronando do lugar cimeiro o campeão em título Luís "Porkito" Pereira, atleta da Figueira que esteve ausente na Caparica. Miguel Adão e Miguel Rocha foram o terceiro e quarto classificados, respetivamente. 

"A entrada no campeonato foi também para ajudar o desporto, pois acho que é minha responsabilidade enquanto atleta local participar quando a etapa é na minha terra", afirmou David Rafachinho, acrescentando: "Entrei sem grandes expectativas mas estava focado e a surfar para ganhar. Depois, tive alguma sorte e acabo por levar o caneco para casa!"

O circuito segue agora para Santa Cruz, dias 18 e 19 de Maio. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Modalidades

NBA: Revolução inesperada

A bola ainda não começou a saltar, mas a temporada que arranca terça-feira promete ser das mais intensas dos últimos anos. A mudança de equipa de várias figuras de proa é a razão principal para este entusiasmo. Mas há mais, muito mais...

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.