Columbofilia: 55 mil pombos-correio em prova

Clássicas Nacionais de Fundo foram das maiores soltas e provas de longa distância em solo europeu

As provas Clássicas Nacionais de Fundo organizadas este ano pela Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC) juntaram 55 mil pombos portugueses, que voaram nos céus da Península Ibérica naquelas que foram das maiores soltas e provas de longa distância disputadas no espaço europeu. A primeira Clássica de Cheste (Valência), a 7 de maio, com solta do circuito Ricardo Tormo, e a segunda, a 4 de junho, com solta de Llíria (Valência), foram um sucesso. "Foram provas que juntaram muitos columbófilos. Os melhores resultados serviram para relançar a columbofilia nacional e projetá-la a nível internacional, como o apuramento para as Olimpíadas. Foi uma festa de grande prestígio nacional. A FPC procura estar muito próxima das associações, clubes e columbófilos. A amizade e a ligação entre o columbófilo e o pombo-correio é o desígnio deste desporto", aplaudiu António Branco, vice-presidente da FPC.

Nestas provas, os pombos-correio chegam a percorrer distâncias de 750 km: foram soltos em Espanha e atravessaram o território ibérico, viajando uma distância média de 750 km (8 a 10 horas de voo) até chegarem aos seus pombais, localizados nas casas de columbófilos de norte a sul de Portugal.

As Clássicas Nacionais de Fundo tiveram como um dos principais objetivos garantir que os columbófilos nacionais possuíssem resultados desportivos competitivos nas categorias de maiores distâncias para a participação nas provas internacionais, como o World Best Pigeon ou o Ranking Iberolatinoamericano, ou mesmo as Olimpíadas Columbófilas.

Em ação estiveram 55 mil pombos-correio de competição em cada prova, em representação de 14 associações distritais, 400 clubes e 8.000 columbófilos. O transporte dos pombos foi feito em 15 camiões TIR, devidamente preparados e equipados, tendo como máxima preocupação o bem estar dos ‘atletas’.

Grande festa da Columbofilia em setembro

Os Campeonatos Internacionais de Columbofilia’2022 estão marcados para 24 de setembro. A Federação Portuguesa de Columbofilia está empenhada em transformar o dia numa grande festa para os columbófilos, suas famílias e público em geral. O Columbódromo Internacional Gaspar Vila Nova, em Portomar (Mira), irá acolher, em simultâneo, as provas finais do FCI Grand Prix Portugal - Mundial Ranking, Campeonato do Mundo e Campeonato do Mundo de Jovens, Campeonato da Europa e Campeonato da Europa de Jovens, além do Torneio AILAC, da Liga Nacional dos Campeões e do Campeonato Nacional de Jovens. São oito provas que contam com milhares de pombos-correio de mais de 20 países. Os pombos serão soltos de manhã, no Algarve, e chegarão a Mira por volta da hora do almoço. No espaço que circunda o Columbódromo haverá tasquinhas, música, atividades para crianças e surpresas. A entrada é livre.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas