Consumo de vinho com moderação não prejudica atletas

Ideia defendida por médicos durante um debate e corroborada por José Couceiro

• Foto: Fernando Ferreira

Beber um copo de vinho à refeição pode ser prejudicial para quem é atleta de alta competição? Esta pergunta, tantas vezes colocada por treinadores e médicos (e também pelos próprios), esteve na origem de um debate que, ontem, em Lisboa, na galeria Tintos e Tintas, juntou médicos (João Grenho, também antigo internacional de râguebi, e José Donato Ramos, gastroenterologista), um treinador de futebol (José Couceiro) e vários amantes do bom vinho. Após mais de duas horas de animada conversa, a conclusão foi clara: o vinho, bebido com moderação (entenda-se um copo à refeição), não tem qualquer contraindicação em atletas de alta competição que se encontrem em perfeitas condições de saúde.

"Um copo de bom vinho é muito menos nefasto à saúde do que a maioria das bebidas que os jovens consomem com regularidade", resumiu José Donato Ramos.

José Couceiro concordou com a opinião médica, acrescentando que tudo deve ser feito com bom senso e de forma a que os atletas sejam educados (em casa, na escola e nos clubes) de forma correta, que entendam o que está em causa. "Em determinadas situações não é prejudicial que os atletas bebam um copo de bom vinho à refeição, mais ainda quando alguns estão habituados a fazê-lo em casa. Há que ter em consideração também as questões culturais que, naturalmente, variam de país para país", disse.

De resto, todos os oradores concordaram que uma posição "ditatorial" - impondo regras demasiado rígidas – pode afetar a confiança de alguns atletas que, por outro lado, terão sempre a possibilidade de ‘fintar’ os regulamentos nos seus quartos.

"Os estímulos positivos são sempre importantes, embora cada indivíduo seja diferente. Contemplar arte ou ouvir determinada música pode ajudar vários atletas", admitiu José Couceiro. 

Por Luís Avelãs
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas