COP assina protocolo para atletas treinarem em altitude simulada

Portugal dispõe apenas de duas salas de hipoxia simulada

• Foto: D. R.

O Comité Olímpico de Portugal (COP) assinou esta terça-feira um protocolo com a Clínica Médica de Exercício do Porto (CMEP) para permitir aos atletas lusos treinos em salas de hipoxia, ou seja de altitude simulada.

O acordo, assinado à margem do encontro da equipa olímpica de Portugal para os Jogos Rio de Janeiro'2016, prevê "o acesso programado, gratuito e livre de qualquer tipo de encargos ao treino de altitude facultado nas suas instalações, disponibilizando as suas salas de hipoxia simulada para treino e preparação dos atletas que assim o desejarem".

Em janeiro, o diretor da CMEP, Jaime Milheiro, explicou à Lusa que "existem benefícios físicos e clínicos comprovados com a utilização do treino em altitude", esclarecendo que "este método tem resultados semelhantes aos da dopagem".

"O treino de altitude é, hoje em dia, aceite como uma questão central no incremento do desempenho desportivo dos atletas de alto rendimento, constatação esta que recomenda novas formas de pensar e agir no campo da orientação e prescrição do exercício", acrescenta o COP, em comunicado.

Sem centros de treino em altitude natural, Portugal dispõe apenas de duas salas de hipoxia simulada, uma no Porto, nas instalações da CMEP, e outra em Oeiras, no Centro de Alto Rendimento do Jamor.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.