Coronavírus: Estados Unidos vão permitir regresso de atletas profissionais

"No contexto atual, os norte-americanos precisam dos seus desportos", lê-se no comunicado

Os Estados Unidos vão permitir o regresso ao país dos atletas profissionais, excluindo estes das restrições impostas pela pandemia de covid-19, anunciou este sábado a administração do republicado Donald Trump.

"No contexto atual, os norte-americanos precisam dos seus desportos", lê-se no comunicado assinado pelo o secretário interino do Departamento de Segurança Nacional, Chad Wolf.

Esta exceção vai possibilitar o regresso aos Estados Unidos dos atletas estrangeiros que disputem as principais competições profissionais de basebol, basquetebol, golfe, ténis e hóquei no gelo, assim como os seus cônjuges e dependentes.

"É hora de reabrir a economia e de os nossos atletas profissionais voltarem a trabalhar", remata o comunicado.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (95.886) e mais casos de infeção confirmados (mais de 1,6 milhões).

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0