Coronavírus: Federações de ginástica, natação e ténis de mesa pedem regulamentação

Dos desportos em espaços cobertos durante a pandemia da covid-19

• Foto: DR Record

As federações portuguesas de ginástica, natação e ténis de mesa apelaram esta segunda-feira ao Governo e ao Presidente da República para que seja criado um plano de regulamentação dos desportos em espaços cobertos, durante a pandemia da covid-19.

Num comunicado conjunto, que conta também com a assinatura da Associação de Ginásios e Academias de Portugal (AGAP), as três federações lamentam que apenas a I Liga de futebol e as atividades ao ar livre tenham sido "objeto de qualquer tipo de referência ou regulação".

"É assim que se apela para que seja promovida a regulamentação da retoma faseada da atividade desportiva em espaços cobertos, completando assim a regulamentação em vigor e evitando uma discriminação negativa de uma parte importante da população portuguesa que assim se vê privada dos conhecidos benefícios da atividade desportiva ao nível físico, emocional e social, com graves prejuízos para a sua condição de saúde geral", lê-se no comunicado.

Os organismos consideram que as medidas governativas para o desporto "ficaram muito por definir" durante o estado de calamidade e que ainda não foi apresentada qualquer justificação para a "omissão de regulamentação atual relativa ao exercício físico e à atividade desportiva em espaços cobertos".

"As instalações cobertas destinadas à prática do exercício físico e da atividade desportiva apresentam muito melhores condições de salubridade e garantias de prevenção do estabelecimento de cadeias de transmissão da covid-19 do que algumas das atividades que, no presente estado de calamidade, se podem desenvolver em espaços cobertos, como viagens, comércio local, atividades letivas em sala de aula, restauração, etc.", defenderam.

Todas as competições em Portugal foram suspensas em março, devido à pandemia e os ginásios foram obrigados a encerrar, situação que se mantém até hoje.

Na terça-feira, às 11:00, as três federações e a AGAP promovem uma conferência de imprensa conjunta virtual, através da aplicação Zoom, para debater a situação.

Portugal contabiliza 1.144 mortos associados à covid-19 em 27.679 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Das pessoas infetadas, 805 estão hospitalizadas, das quais 112 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados é de 2.549.

Portugal entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0