Coronavírus: Italianos campeões do mundo de pólo aquático leiloam anéis para ajudar

Para financiar o hospital Papa João XXIII de Bérgamo

Os jogadores italianos campeões do mundo de polo aquático colocaram esta sexta-feira a leilão anéis de luxo que celebraram esse êxito em 2019, para financiar o hospital Papa João XXIII de Bérgamo e combater a pandemia da covid-19.

"Estamos numa emergência nacional e eu e os meus companheiros da seleção decidimos dar o nosso contributo para ajudar. Em 2019 a 'La Gazzetta dello Sport' considerou-nos a melhor equipa do ano e ofereceu-nos este fantástico prémio, um anel muito bom", disse o capitão Pietro Figlioli, referindo-se às peças de uma ilustre joalharia italiana.

A Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 8.165 mortos em 80.539 casos registados até quinta-feira.

A iniciativa da seleção de polo aquático junta-se a outros gestos de solidariedade do mundo do desporto transalpino, tais como os de clubes de futebol Juventus, Inter de Milão, Roma ou Nápoles, além de futebolistas como Zlatan Ibrahimovic ou Insigne.

Cristiano Ronaldo, jogador da Juventus, agiu em Portugal, em conjunto com o empresário Jorge Mendes, com quem doou unidades de cuidados intensivos para hospitais em Lisboa e no Porto.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0