Federação Equestre Portuguesa lança programa para impulsionar a modalidade

Objetivo de chegar aos 10 mil federados em 2024

• Foto: Nuno André Ferreira
A Federação Equestre Portuguesa (FEP) apresenta no sábado o programa 'Geração Talento', que visa elevar o patamar competitivo dos cavaleiros portugueses e munir o ecossistema da modalidade de maior capacitação e condições.

Em declarações à Lusa, o presidente da FEP, Bruno Rente, explica que "nos últimos seis anos da atividade desportiva" equestre o crescimento português "tem sido pouco ou nulo".

"Seja em número de atletas federados, seja em número de atletas capazes de disputar os Nacionais, seja até nos resultados internacionais que alcançámos com os escalões mais jovens. Não têm tido a evolução para o que achamos que somos capazes e queremos atingir", resume.

Um dos objetivos, assim, é dotar os cavaleiros de condições para que possam "reincidir no sucesso desportivo", e outro é o de "capacitar e captar mais atletas" para a modalidade.

"Além de capacitar todos os agentes envolvidos, vamos estar nos clubes a dar ferramentas, a ajudar a irem mais longe, e a estarem cada vez mais perto e a olhar para o sucesso desportivo dos atletas, perceberem o que têm de fazer. Mais condições de trabalho, ficarem com a vida desportiva um pouco mais facilitada. Vamos andar, em todo o país, a olhar para as diferentes provas, nos clubes, nas iniciativas, a fazer ações de prospeção", acrescenta.

Segundo Bruno Rente, o programa permitirá "aumentar a base de atletas com potencial desportivo" e levar a melhores resultados, dando ferramentas a "todos os agentes", de pais a treinadores, atletas e clubes.

Em fase de "auditoria da realidade" no país, os objetivos finais serão alinhavados depois, mas há para já a meta de chegar aos 10 mil federados em 2024 e de "aumentar já este ano em 20% os inscritos nos Nacionais da juventude".

Para "ajudar a conduzir ao sucesso os talentos" nacionais, o programa espera atrair patrocínios e a envolvência de proprietários, criadores de cavalos e outros investidores que permitam oferecer melhores condições aos praticantes, alguns que até podem "não ser ainda federados" mas tenham talento.

"É um projeto inclusivo e pedagógico, que olhará para todo o território, todo o país. Vai incluir treinadores, clubes e vai permitir também à FEP estar mais próxima dos atletas e dos clubes, e isto é fundamental", descreve o dirigente federativo.

Outro dos projetos que a FEP pretende lançar ainda este ano é o 'Conhece, Compete, Conquista', "mais direcionado a captar novos adeptos e trazer mais pessoas para experimentarem pela primeira vez".

Quanto a esta iniciativa, o objetivo é que o equestre "saia do picadeiro e venha para a rua demonstrar o potencial que tem", ligando-se a municípios e à comunidade escolar para aumentar a participação.

Além da apresentação da 'Geração Talento Equestre', na Sociedade Hípica Portuguesa, em Lisboa, pelas 18 horas, a mesma entidade recebe, tanto no sábado como no domingo, uma sessão de observação de jovens cavaleiros.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas