Georg Preidler e Stefan Denifl suspensos por suspeita de doping

Organismo diz ter "recebido informações complementares em relação às confissões"

Georg Preidler e Stefan Denifl foram suspensos pela União Ciclista Internacional (UCI), com efeitos imediatos, por envolvimento num escândalo de doping.

A UCI diz ter "recebido informações complementares em relação às confissões" dos dois corredores austríacos, assegurando a colaboração com a agência antidopagem austríaca no âmbito dos respetivos processos disciplinares.

Preidler foi despedido pela Groupama-FDJ, na segunda-feira, depois de ter reconhecido ter retirado duas vezes sangue no fim do ano de 2018.

Já Denifl, vencedor de uma etapa da Volta a Espanha em 2017, que está sem equipa depois de rescindido contrato com a CCC, equipa com a qual tinha vínculo para esta temporada.

As polícias austríaca e alemã desmantelaram uma rede internacional de dopagem sedeada em Erfurt, na Alemanha, que era dirigida por um médico alemão.

Desta operação resultou a detenção de cinco esquiadores, dois atletas austríacos, dois estónios e um cazaque, durante os Mundiais de esqui nórdico, que ocorreram em Seefeld, na Áustria.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.