Imagens que indignam: jovem jogador obrigado a sentar-se entre cascas de banana no balneário

Episódio racista numa escola em Moline, nos Estados Unidos

Falar em ato vergonhoso será pouco. Desta feita, e numa altura em que os escândalos racistas se sucedem no desporto, surgem agora imagens de uma escola secundária de Moline, no noroeste de Illinois, Estados Unidos. No vídeo, amplamente divulgado nas redes sociais e gravado na passada quinta-feira, ouve-se um jogador da equipa de futebol americano ameaçar um colega de equipa negro para que se sente num banco no balneário em cima do qual estão suspensas várias cascas de banana. O jogador, cuja cara não é visível no vídeo, diz ainda: "ou fazes isso ou parto-te os dois joelhos".

Quando o outro jogador, cujo nome e idade não foram revelados, se senta, ouve-se um coro de "sins!"

As imagens já estão na posse das autoridades que dizem estar a investigar. Darren Gault, chefe da polícia de Moline, fala numa "cena racista perturbadora". "É uma forma repugnante de tratar um companheiro de equipa, um ser humano e, sem dúvida, um amigo. Independentemente dos estudantes o considerarem uma partida, trata-se de um comportamento inaceitável", afirmou citado pelo 'Daily Mail'. 


Por Record
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.