Manuel Brito designado para presidir a AdOP por cinco anos

Despacho publicado no Diário da República

A Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) vai ser presidida nos próximos anos por Manuel Brito, que já liderava o organismo de forma interina, de acordo com um despacho publicado em na sexta-feira em Diário da República.

O despacho, assinado pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, designa "Manuel da Silva Brito, professor na situação de aposentado, em comissão de serviço, pelo período de cinco anos, para exercer o cargo de presidente".

Manuel Brito, de 71 anos, já lidera a ADoP, em regime de substituição, desde junho de 2019, após a saída de Rogério Jóia.

Licenciado em Educação Física e mestre em Ciências da Educação/Metodologia da Educação Física, Manuel Brito já desempenhou vários cargos em organismos ligados ao desporto, entre os quais o de presidente do Instituto Nacional do Desporto, atual Instituto Português do Desporto e Juventude e dos conselhos nacionais antidopagem e contra a violência no desporto.

Em agosto de 2019, a ADoP passou a ter autonomia administrativa relativamente ao Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), sendo unidade autónoma deste, e ficando a funcionar em relação direta com a secretaria-geral da área governativa com competência no desporto.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.