«Nunca me tinha sentido tão perto da morte»: o drama de um campeão olímpico infetado com covid-19

O canadiano Alexander Kopacz conta o que viveu

"Nunca antes me tinha sentido tão perto da minha própria morte. Foi horrível". As palavras são de Alexander Kopacz, campeão olímpico de bobsleigh, que, em entrevista à The Canadian Press, deu conta do medo que sentiu quando esteve infetado com covid-19.

O atleta, de 31 anos, esteve internado num hospital em Ontário e teve mesmo de receber oxigénio para poder respirar. Assim que foi infetado, os sintomas agravaram-se rapidamente: a febre não baixava e os ataques de tosse eram contínuos.

"Fiquei com muito medo. Fizeram-me uma série de exames e viram uma quantidade coisas nos meus pulmões e começaram a recomendar mais inaladores. Não importa o que fizessem, não melhorava. Perdes o contacto com realidade, começas a quebrar...", disse agora numa altura em que já está melhor.

E adverte: "Quando vejo pessoas com metade da máscara tirada do nariz, ou mesmo aquelas teorias da conspiração, não sei se isso poderia conter minha raiva agora".

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas