Record Challenge Park: Um dia especial para toda a família

Estádio 1º de Maio, em Lisboa, abre hoje as portas para receber a segunda edição do evento

• Foto: Vitor Chi

Hoje é dia de festa e não há que esconder que ela é para todos, desde os mais novos aos mais velhos. O palco escolhido volta a ser o mesmo do ano passado, o Estádio 1º de Maio, em Lisboa, e esta iniciativa do Record Challenge Park tem condições para superar todas as expectativas: levar ao recinto cerca de 10 mil pessoas.

Como se disse, a festa é para todos e quem for ao recinto, mesmo que não participe, não pode ficar indiferente, pois tem lá um prémio à sua espera. A Mimosa, parceiro do Challenge, vai distribuir batidos pela assistência que pode deliciar-se a ver uma série de desportos para todas as idades.

Uns já são conhecidos como o street football, onde o apoio da Associação de Futebol de Lisboa, com 30 mil federados, tem sido fundamental. Mas há o street basket, street handball, ténis, padel, ténis de mesa, atletismo e o batismo de mergulho, que promete bastante em função do sucesso do ano passado.

"As indicações têm sido bastante positivas e fomos obrigados a fechar as inscrições (16 equipas) para o street football", disse-nos João Aleixo, diretor-adjunto de marketing da Cofina, que estava bastante satisfeito com o andamento dos trabalhos.

À entrada principal do Estádio 1º de Maio já estava erguido um cartaz para dar as boas-vindas: "Obrigado por aceitar o desafio. Para o ano que vem há mais."

E a verdade é que não faltará animação, divertimento e aquele ingrediente que motiva tudo e todos: o desejo de superação num dia que é diferente para ser vivido em família.

"O ano passado aconteceu uma coisa engraçada: uma pessoa chegou de fato e gravata e correu os 100 metros. É este o espírito", referiu João Aleixo, aguardando bons despiques para quem der mais toques na bola de futebol ou tiver o remate mais forte.

A forte tradição do street basket

Manuel Fernandes, presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol, considera que o street basket vai ao encontro daquilo que os mais jovens procuram no Challenge Park. "É um jogo muito intenso e apresenta aqueles ingredientes que os mais novos adoram", refere o líder federativo, lembrando a crescente evolução desta variante ao ponto de estar em cima da mesa a possibilidade de figurar no programa olímpico. "Há uma grande tradição e acredito que o street basket possa figurar no calendário dos Jogos de Tóquio em 2020", frisou Manuel Fernandes. Esta variante é bastante popular na região norte e não são apenas os clubes a promover competições. "Há particulares a organizar torneios."

Passaporte garante inédito diploma

Através de um código de acesso logo à entrada do recinto, cada concorrente ficará na posse de todos os seus registos num passaporte nos eventos em que participar no Challenge Park. No final poderá fazer o download através do site do evento. E com toda a certeza que terá muito orgulho em guardar o seu inédito diploma de presença, que a organização disponibiliza, conforme consta na foto nesta peça.

Por Norberto Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.