Roland Garros: Sousa enfrenta Fritz na mesma metade do quadro de Nadal, Djokovic e Federer

Sorteio foi realizado nesta quinta-feira

O tenista português João Sousa vai defrontar o norte-americano Taylor Fritz na estreia em Roland Garros, ditou o sorteio realizado nesta quinta-feira, que colocou Rafael Nadal e Novak Djokovic na mesma metade do quadro do major parisiense.

O vimaranense, número 113 no ranking ATP, vai enfrentar, pela primeira vez, Taylor Fritz, 33.º colocado na hierarquia e melhor tenista norte-americano da atualidade, que em 2020 atingiu o seu melhor resultado no segundo major da temporada, ao disputar a terceira ronda.

João Sousa, o único representante nacional no quadro principal de Roland Garros, e o jovem Fritz, de 23 anos e 30.º cabeça de série, ficaram colocados no mesmo lado da grelha do antigo número um mundial Roger Federer, pelo que o vencedor do encontro entre o português e o norte-americano poderá medir forças com o suíço, de 39 anos, na terceira ronda.

Entre os principais favoritos, o espanhol Rafael Nadal (com estreia agendada com o australiano Alexei Popyrin), campeão em título e recordista de títulos na catedral da terra batida, e o sérvio Novak Djokovic (joga na primeira ronda com o norte-americano Tennys Sandgren) não vão poder reeditar a final da última edição do 'major' francês, já que ficaram os dois no mesmo lado do quadro, também partilhado por Sousa e Federer.

Assim sendo, em caso de serem bem-sucedidos nas primeiras jornadas, o helvético e o número um mundial podem medir forças nos quartos de final, antes de um potencial desafio nas meias-finais com o detentor de 13 títulos de Roland Garros.

Na parte inferior do quadro ficaram o russo Daniil Medvedev, número dois mundial, o austríaco Dominic Thiem (4.º), duas vezes finalista em Paris, o grego Stefanos Tsitsipas (5.º) e o alemão Alexander Zverev (6.º).

No setor feminino, tal como no masculino, as favoritas Ashleigh Barty, número um mundial, e a campeã em título, a polaca Iga Swiatek - as últimas duas vencedoras do segundo torneio do Grand Slam na época -, também ficaram do mesmo lado do quadro.

Enquanto a australiana tem estreia marcada com a norte-americana Bernarda Pera, antes de se poder cruzar nos quartos de final com a ucraniana Elina Svitolina (6.ª), a jovem Iga Swiatek, de 19 anos, vai discutir a ronda inaugural com a eslovena Kaja Juvan.

A japonesa Naomi Osaka, número dois no 'ranking' WTA, arrancará a sua exibição diante da romena Maria Patrícia Tig, ao passo que a bielorrussa Aryna Sabalenka (4.ª) poderá ter pela frente, nos quartos de final, um duelo com a norte-americana Serena Williams (8.ª), à procura do 24.º 'major' da carreira na terra batida parisiense.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.