Cinco portugueses nos Mundiais de ginástica artística com Tóquio'2020 na mira

André Nogueira, diretor técnico, não esconde ambição para participação lusa na Alemanha

Filipa Martins, a portuguesa mais medalhada da ginástica artística
Filipa Martins, a portuguesa mais medalhada da ginástica artística • Foto: LUSA

A qualificação olímpica é o principal objetivo dos cinco portugueses, entre os quais Filipa Martins, que vão participar nos Mundiais de ginástica artística, na Alemanha, a partir de sexta-feira.

"O principal objetivo nesta competição é a qualificação para os Jogos Olímpicos, com resultados dignificantes para Portugal", afirmou André Nogueira, diretor técnico da ginástica artística, em declarações à agência Lusa.

Além de Filipa Martins, a portuguesa mais medalhada da ginástica artística e que já marcou presença nos Jogos Rio2016, Portugal vai estar representado por Mariana Pitrez e Beatriz Cardoso, nas competições femininas, e por Bernardo Almeida e Petrix Barbosa, em masculinos.

André Nogueira admite que Filipa Martins, de 23 anos, é "a mais séria candidata à qualificação na representação portuguesa" e destaca "a sua experiência e o currículo invejável".

Na competição masculina, o diretor técnico admite que as expectativas recaem, de forma igual, sobre os dois ginastas.

"No anterior ciclo olímpico, Bernardo Almeida esteve envolvido no apuramento, mas quem acabou por se apurar foi o Gustavo Simões", lembrou André Nogueira, acrescentando: "O Petrix Barbosa disputou o apuramento para os Jogos Rio2016 pela equipa brasileira".

Aos 27 anos, Petrix Barbosa vai disputar o segundo Mundial por Portugal, depois de em 2018 se ter naturalizado português e representado a seleção lusa em Doha.

Nas provas individuais, por aparelhos, os Mundiais de ginástica artística vão garantir o apuramento para os Jogos Olímpicos Tóquio2020 a um total de 20 ginastas femininos e 12 masculinos.

Na ginástica artística, o apuramento olímpico é nominal e sempre assegurado com a pontuação do concurso completo.

Os ginastas europeus podem ainda garantir presença nos Jogos Tóquio2020 nos Europeus da modalidade, que se disputam em abril, no setor feminino, e em maio, no masculino.

Em 2016, no Rio de Janeiro, Filipa Martins obteve a melhor classificação de sempre de uma portuguesa em competições olímpicas de ginástica artística, ao terminar o concurso completo na 37.ª posição.

Em masculinos, Gustavo Simões garantiu presença na última edição dos Jogos, mas acabou por ser afastado por uma lesão, sofrida a pouco mais de um mês da competição.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ginástica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.