Simone Biles reage à detenção do irmão por triplo homicídio: «Nada vai curar a dor»

Ginasta norte-americana, campeã olímpica e mundial, expressou condolências a todos os atingidos por esta “tragédia”

Campeã olímpica e várias vezes campeã mundial, Simone Biles vive dias de angústia, após o seu irmão ter sido detido por triplo homicídio na semana passada. Tevin Biles-Thomas, de 24 anos, é acusado de estar envolvido num tiroteio que matou três pessoas numa festa de Ano Novo. Depois de vários dias sem reagir, a ginasta recorreu às redes sociais para deixar uma declaração.

"O meu coração dói por todos os envolvidos, especialmente pelas vítimas e os seus familiares. Nada do que eu possa dizer vai curar a dor de ninguém, mas quero expressar as minhas sinceras condolências a todos os que foram atingidos por esta terrível tragédia", afirma a ginasta.

Simone Biles pede ainda respeito pela privacidade da família "enquanto lidam com a dor", confessando que ainda está com "dificuldade em processar as notícias".

Tevin Biles-Thomas, de 24 anos, está detido na Georgia e aguarda a leitura das acusações, a 13 de setembro.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ginástica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.