Açores Ladies Open decorre entre quinta-feira e domingo

O torneio reservado às golfistas profissionais decorre entre sexta e domingo em S. Miguel

Luna Sobrón e Maria Parra têm presença garantida no torneio de S. Miguel

As dez primeiras classificadas na Ordem de Mérito do Ladies European Tour Access Series (LETAS) irão competir na 6ª edição do Açores Ladies Open, que na quinta-feira se inicia, com a realização do Pro-Am. O arranque do torneio reservado às golfistas profissionais está marcado para sexta-feira, terminando no domingo.

É a primeira vez na história do Açores Ladies Open que consegue reunir-se todo o top-10 deste ranking do LETAS, a 2.ª Divisão do golfe profissional feminino europeu. Nos dois anos anteriores, tinham estado presentes na Região Autónoma dos Açores nove das dez melhores.

Em 2011, quando o torneio nasceu em São Miguel, apenas competiram três jogadoras do top-ten, mas quando o evento viajou pela primeira vez à Terceira, em 2013, esse número subiu vertiginosamente para sete membros do top-10.

Este ano, o segundo mais importante torneio português de golfe, logo depois do Portugal Masters, regressa à ilha de São Miguel, após no ano passado ter-se realizado pela segunda vez no Clube de Golfe da Ilha Terceira.

O palco volta a ser o Batalha Golf Course, tal como em 2011, 2012 e 2014, campo que também acolheu etapas do European Senior Tour, do PGA Euro Pro Tour e do PGA Portugal Tour, para além do famoso SATA Azores Open.

Em jogo estarão 30 mil euros em prémios monetários, mas as 48 jogadoras inscritas, em representação de 21 países (o mesmo número de nações representadas no ano passado) vêm à procura de muito mais do que do "prize-money". Para elas, o mais relevante é tentarem terminar a época nas cinco primeiras posições da Ordem de Mérito.

Açores Ladies Open recebeu atletas olímpicas

É esse top-5 que ascende automaticamente ao Ladies European Tour (LET), a 1.ª divisão europeia, em 2017. O Açores Ladies Open é o antepenúltimo torneio do ano e já não há muito mais oportunidades de somar pontos para o ranking.

Não são apenas esses cinco passaportes para o LET que atraem as melhores do LETAS, uma vez que também os 15 restantes convites (do 6º ao 20º lugar do ranking) para a última Fase da Escola de Qualificação do LET, em dezembro.

Para além de todo o top-10, o 6º Açores Ladies Open conta ainda com 16 do top-20 e, sobretudo, com oito jogadoras que venceram nove dos 13 torneios realizados na presente temporada. Ou seja, confluem em São Miguel uma série de jogadoras de grande valia.

Aliás, o Açores Ladies Open tem progredido todos os anos e, em 2016, foi com regozijo que o promotor José Carmona Santos viu competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro algumas jogadoras que passaram pelo "seu" torneio, designadamente a suíça Fabienne In-Albon, campeã na Terceira em 2013, e a brasileira Victoria Lovelady, 3ª classificada em 2015, também na Terceira.

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Golfe

Notícias

Notícias Mais Vistas