Melo Gouveia em 33.º no DP World Tour Championship

Arrancou esta quinta-feira a campanha na prova

• Foto: António Varela

Ricardo Melo Gouveia iniciou esta quinta-feira a sua campanha no DP World Tour Championship sensivelmente a meio da tabela, no grupo dos dos 33º classificados, entre 60 dos melhores jogadores da temporada no European Tour.

As 72 pancadas com que cumpriu a primeira ronda igualam o Par do Earth Course, o percurso que o antigo nº1 mundial, Greg Norman, desenhou no Jumeirah Golf Estates, no Dubai, onde o nº1 português competiu pela primeira vez.

Se pensarmos que o líder da jornada inaugural foi o inglês Lee Westwood, com 66 (-6), vê-se que o representante do Team Portugal está a 6 pancadas do ex-nº1 mundial que em 2009 sagrou-se campeão aqui no Dubai, poucas semanas depois de ter feito o mesmo no Portugal Masters.

Nada que o impeça de fazer uma prova de trás para a frente, como tem protagonizado em todos os torneios da Final Series.

Com efeito, tanto na Turquia (70) como sobretudo na África do Sul (74), Ricardo Melo Gouveia obteve o seu pior resultado da competição na primeira volta, quando ainda estava a ambientar-se às condições de jogo.

Aliás, em declarações ao jornalista Nick Dye da European Tour Radio explicou que uma das principais dificuldades que encontrou neste seu ano de estreia no European tour foi exatamente «estar sempre a jogar em campos que não conhecia».

Mesmo assim, o português residente em Londres é um dos cinco candidatos ao prémio de Sir Henry Cotton Rookie of the Year que Ricardo Santos conquistou em 2012.

Dos cinco jogadores, o que terminar este torneio melhor classificado na Corrida para o Dubai será o vencedor do galardão de "Estreante do Ano" na primeira divisão europeia.

Após esta primeira volta, Ricardo Melo Gouveia atrasou-se um pouco em relação aos rivais. Com efeito, era 53º no ranking europeu antes do torneio começar e hoje caiu para 55º.

O coreano Jeunghun Wang também desceu de 15º para 18º depois de fazer hoje 75 (+3), o mesmo que Rory McIlroy!

O outro coreano, Soomin Lee, esteve bem melhor, com 71 (-1) mas mesmo assim perdeu 1 posição, de 40º para 41º.

O chinês Haotong Li sofreu uma perda de 6 lugares, de 19º para 25º por causa do seu cartão de 74 (+2).

Finalmente, o sul-africano Brandon Stone, fez o mesmo que o português, ou seja, 72 (Par) e no ranking passou de 48º para 52º.

Portanto, como se pode ver, só o chinês Li jogou melhor do que Melo Gouveia hoje e todos perderam lugares na Corrida para o Dubai. Também aqui ainda está tudo em aberto.

Diga-se em abono da verdade que o profissional do ACP Golfe não parece estar muito centrado nesta competição a cinco pelo referido galardão. Está muito mais virado para o torneio em geral, como se depreende das suas palavras, quando o jornalista Nick Dye o interpelou sobre os objetivos com que partiu: «Os mesmos objetivos dos outros torneios, nada de diferente, a preparação foi igual, é só acreditar nas minhas capacidades».

Com 3 birdies e outros tantos bogeys – numa volta em que só depois do buraco 15 conseguiu ficar abaixo do Par, mas logo perdeu 1 pancada no 16 –, Ricardo Melo Gouveia não ficou nem contente nem triste com a sua exibição.

"Estive bem no jogo comprido, apesar de não ter começado da melhor maneira, mas não meti alguns putts que deveria", escreveu na sua conta oficial no Facebook.

António Varela, sócio do Jumeirah Golf Estates, a desempenhar funções de scorer no torneio, que está a colaborar com o Gabinete de Imprensa da FPG, acompanhou o nº1 nacional durante grande parte da sua volta e teceu alguns comentários ao que viu: "Está a jogar abaixo do que sabe e nota-se algum nervosismo, apesar de estar bastante confiante e entusiasmado".

O português residente no Dubai concorda com a avaliação de Ricardo de que a primeira saída não foi a melhor: "Saiu à esquerda para as árvores e teve de jogar por baixo das árvores para o rough do lado direito. Mas compensou com um super pitch e fez um excelente up and down".

O bogey no buraco 2 deveu-se "a um shot ao green que saiu à direita" e depois, "nos buracos 3, 4, 5 e 6 esteve sempre muito longe da bandeira e com greens super rápidos lá foi fazendo pares". António Varela viu ainda bolas irem parar ao bunker, ao rough, mas também testemunhou bons detalhes de jogo curto.

O certo é que na cabeça do jogador de 25 anos é nos greens que tem de melhorar nos próximos dias e é normal que assim seja pois não é fácil a adaptação a este campo que, antes da prova começar, ele tinha catalogado como exigindo bons putts: "O putting será muito importante esta semana, porque os greens são enormes e ondulados".

As estatísticas da primeira volta mostram que Ricardo Melo Gouveia fez uma média de 1,867 putts por cada green em regulação, tendo registado 83,3% de greens. Ora se na segunda estatística foi o 11º em 60 jogadores, já na primeira foi apenas o 38º.

Já agora, acrescente-se que em precisão de drive alcançou 71,4%, sendo o 13º neste capítulo, o que prova que teve razão na avaliação global à sua prestação de hoje.

"Mantive-me paciente e acredito que amanhã será melhor", frisou o 121º golfista mundial, que vai jogar na segunda volta ao lado do irlandês Padraig Harrington, com quem também caminhou durante a primeira volta.

A título de curiosidade, o vencedor de três Majors e atual campeão do Portugal Masters também somou 72 (Par), tal como o nº1 da Corrida para o Dubai e titular do British Open, o sueco Henrik Stenson.

Stenson, vencedor do DP World Tour Championship em 2013 e 2014, é o grande candidato a encerrar a época como nº1 europeu. Só tem três rivais "à perna" e hoje Rory McIlroy, campeão no Dubai em 2012 e 2015, atrasou-se bastante, figurando apenas em 55º (+3).

Já o inglês Danny Willett, o campeão do Masters, e o sueco Alex Noren, vencedor de quatro torneios este ano, jogaram abaixo do Par e estão empatados em 24º (-1), com 1 pancada de vantagem sobre Stenson… e Melo Gouveia.

Na Corrida para o Dubai provisória, Stenson, Willett e Noren mantêm os três primeiros lugares, mas McIlroy desceu para 5º, sendo ultrapassado pelo líder do torneio, Lee Westwood.

Por Hugo Ribeiro/FPG
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Golfe

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.