Ricardo Santos falha o 'cut' do Open da Escócia liderado pelo número um mundial

Golfista português, de 38 anos, caiu 59 lugares no 'leaderboard'

• Foto: Reuters

O golfista Ricardo Santos, único português com acesso ao Open da Escócia, não conseguiu manter o nível exibicional da véspera e falhou o cut no The Renaissance Club, onde estão a jogar alguns dos melhores jogadores do mundo.

O profissional algarvio havia iniciado com a sua participação no segundo torneio das Rolex Series, após o Abu Dhabi HSBC, com 69 pancadas, duas abaixo do Par do campo, mas esta sexta-feira entregou um segundo cartão com 73 'shots', uma acima, depois de registar apenas três 'birdies' (uma abaixo) nos buracos 4, 14 e 16 face a cinco 'bogeys' (uma acima) no 1, 9, 10, 15 e 17.

"Hoje falhei seis 'putts' de três metros para dentro e assim não há jogo que aguente. Joguei bem do 'tee' ao 'green', mas estive muito mal no 'putt'. Bastava ter concretizado metade dos 'putts', o que não era grande coisa, e tinha-me qualificado facilmente para o fim de semana", confessou Santos, à Lusa.

Após contabilizar 142 pancadas (Par), o golfista português, de 38 anos, caiu 59 lugares no 'leaderboard' para a 102.ª posição, falhando por duas pancadas o 'cut', o quinto consecutivo em torneios do European Tour.

O número um mundial Jon Rahm, por sua vez, trepou hoje na classificação e partilha com o belga Thomas Detry e o inglês Jack Senior, todos com 131 pancadas (-11), o comando do torneio que conta com a participação de quatro dos cinco melhores golfistas do 'ranking' mundial, Justin Thomas (3.º), Collin Morikawa (4.º) e Xander Schauffele (5.º), todos apurados para os derradeiros 36 buracos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Golfe

Notícias

Notícias Mais Vistas