Richard Bland junta-se a Russell Henley na liderança do US Open

Duo de líderes improvável ao fim da segunda volta

• Foto: USA TODAY Sports

O inglês Richard Bland juntou-se ao norte-americano Russell Henley no comando do US Open, um duo de líderes improvável após a conclusão da segunda volta, com um total de 137 pancadas (cinco abaixo do par).

Bland, 115.º classificado do ranking mundial, entregou esta sexta-feira (madrugada de sábado em Lisboa) um cartão com 67 pancadas, quatro abaixo do par do campo, no qual contabilizou sete birdies (uma abaixo do par do buraco) e três bogeys (uma acima), depois de na véspera ter necessitado de 70 golpes.

O inglês, que no mês passado conquistou o primeiro título no circuito europeu, o British Masters, em 25 anos de carreira, pode tornar-se no domingo o golfista mais velho a vencer o US Open, aos 48 anos, superando o norte-americano Hale Irwin, que tinha 45 quando se impôs, em 1990.

Henley, que ocupa o 63.º lugar na hierarquia mundial e não conquista um título PGA desde o triunfo em Houston, em 2017, teve um desempenho inverso: depois das 67 pancadas registadas no dia inaugural, completou a segunda volta com 70, fruto de apenas dois birdies e um bogey, num percurso equilibrado, mas pouco entusiasmante.

Esta quinta-feira, o arranque do US Open, no percurso de Torrey Pines, na Califórnia, habitualmente varrido pelo vento do Pacífico, foi atrasado em 90 minutos devido a uma persistente névoa matinal, o que impediu a conclusão nesse dia da totalidade da ronda de abertura.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Golfe

Notícias

Notícias Mais Vistas