FC Porto-Benfica: Águia ferida visita dragão

Benfica quer hoje limpar as duas copiosas derrotas sofridas frente ao FC Porto em abril

• Foto: Movenotícias

O duelo entre FC Porto e Benfica, que hoje se realiza no Dragão Caixa (15h00), pode colocar em causa o objetivo de um dos principais candidatos ao título. A quatro jornadas do fim do campeonato, águias e dragões seguem na frente da classificação (60 pontos) e a equipa que sair derrotada ou mesmo em caso de empate podem ser ultrapassadas pelo Sporting – recebe o Paço de Arcos – que está a penas a um ponto de distância do duo da frente.

No Dragão Caixa vai estar um Benfica ‘ferido’ face aos últimos resultados verificados entre as duas equipas, durante o mês de abril. Nos quartos-de-final da Taça de Portugal, o FC Porto venceu por 5-2 e no jogo da segunda mão dos quartos-de-final da Liga Europeia, a vitória voltou a sorrir ao conjunto portista, por 9-2.

"Vamos encontrar uma equipa que nos últimos jogos que fez com o Benfica em sua casa retirou sensações altamente positivas e nós nem tanto. Estaremos no Dragão com toda a disponibilidade mental, física, técnica e tática, no sentido de ganhar o jogo, porque é isso que queremos. Mas mais do que querer é demonstrar que o podemos fazer e para isso temos de ser competentes em todos os domínios do jogo e jogar sem receio", disse o treinador das águias, Pedro Nunes, no site do clube.

Entretanto, o Benfica já manifestou a sua discordância quanto à dupla de arbitragem nomeada pela Federação, Rui Torres (Minho) e José Pinto (Porto), questionando a dualidade de critérios seguida, recordando que no jogo da 1ª volta, na Luz, estiveram um árbitro de Lisboa e outro do Norte.

Respeito

Com a lotação esgotada desde o início da semana, este jogo é considerado pelo técnico espanhol do FC Porto, Guillem Cabestany, como uma final. "Pelo aquilo que aconteceu e pela atual situação do campeonato, este jogo é como uma final. Esta é uma daquelas partidas em que temos de jogar todos, os que estão na pista, no banco e os que estão na bancada. Esperamos um Benfica forte e de qualidade, que perdeu os dois últimos jogos que fez no Dragão Caixa. Creio que já recuperaram a confiança e por isso só podemos esperar um bom Benfica. É por isso que precisamos de estar ao nosso melhor nível, pois será um jogo equilibrado", reconheceu o técnico espanhol, no Porto Canal.

Guerra dos últimos

Entretanto, na parte final da classificação vivem-se momentos dramáticos e há um outro campeonato. Já com Infante de Sagres e Grândola condenados à descida, Valença e HC Braga lutam pela sobrevivência. O Valença, 11º classificado, com 16 pontos, desloca-se a Viana do Castelo, enquanto o HC Braga, 12º e abaixo da linha de água, com 14 pontos, defronta o lanterna-vermelha, Grândola, nesta cidade alentejana.

Por Vítor Ventura
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas