João Rodrigues trava euforias antes do Europeu: «Palmarés não joga»

Capitão da seleção portuguesa coloca a França entre os candidatos ao título

• Foto: José Gageiro/Movephoto
João Rodrigues, capitão da seleção portuguesa de hóquei em patins, travou esta sexta-feira euforias antes do Europeu, juntando a França aos três crónicos candidatos ao título, na prova a realizar no pavilhão multiusos de Paredes, a partir de dia 15.

O hoquista do Barcelona, de 31 anos, não esconde que "Portugal é um dos favoritos", mas avisou que a competição é "muito difícil" e exige cuidados redobrados.

"O grupo sagrou-se recentemente campeão do mundo, mas isso não chega e o palmarés não joga. Além disso, esta competição é muito difícil e competitiva", disse João Rodrigues.

O capitão luso, que falava no pavilhão multiusos de Paredes, palco do Campeonato da Europa, advertiu para a exigência acrescida do novo formato da competição, em que todos jogam contra todos e a classificação ditará os confrontos da final.

"Quando havia fase de grupos, era possível recuperar de um dia menos bom, o que deixou de acontecer neste modelo de campeonato. Este ano junta-se mais um dia para final, pelo que basta um jogo mau para deitar tudo a perder", referiu.

Portugal é o recordista de títulos europeus, somando 21 vitórias, contra 17 da Espanha, campeã em título, enquanto a Itália (habitualmente candidata) soma três. João Rodrigues surpreendeu e acrescentou a França ao lote de potenciais vencedores em 2021.

"Para mim há claramente quatro candidatos: Portugal, Espanha e Itália, tradicionalmente seleções muito fortes, e a França, que tem vindo a crescer e com quem já estivemos perto de perder", argumentou.

Na seleção, João Rodrigues diz ter a vida de capitão facilitada pelo forte espírito de grupo existente e sai em defesa dos colegas, como ele com um palmarés e títulos a perder de vista, quando o tema é perceber a motivação de quem já ganhou tudo.

"A motivação tem sempre de existir. Para andarmos cá e podermos competir, temos de estar sempre motivados para ganhar, para novas conquistas", concluiu João Rodrigues, a quem competirá erguer o troféu, no caso de Portugal se sagrar campeão.

Alemanha, no dia 15, França (dia 16), Itália (17), Espanha (18) e Andorra (19), em jogos sempre às 21:45, sãos os adversários de Portugal.

A 54.ª edição do Europeu, que se realiza em Paredes, termina no dia 20, dedicado à final, que juntará os dois primeiros classificados apurados neste formato de campeonato.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas