Mundial 2019: Argentina elimina Angola e decide presença na final com a França

Goleada por 6-0 em Barcelona

• Foto: José Reis / Movephoto

A seleção argentina de hóquei em patins goleou esta quinta-feira Angola por 6-0, no Palau Blaugrana, em Barcelona, e vai discutir com a França, que afastou o Chile, por 5-4, o acesso à final do Mundial'2019.

A Argentina, com mais um dia de descanso do que a seleção de Angola, que disputou um play-off na quarta-feira, com Moçambique (6-2), entrou decidida a resolver cedo a questão e chegou à vantagem de 2-0 em três minutos, com golos 'portugueses'.

Reinaldo Garcia, que representa o FC Porto, fez o 1-0, aos dois minutos, com um remate à entrada da meia pista a um segundo do limite de tempo de ataque, e Carlos Nicolia, do Benfica, elevou para 2-0, aos três, com uma finalização junto à baliza defendida por Francisco Veludo.

O treinador angolano, o português Fernando Falé, procurou serenar a equipa, algo intranquila nos minutos iniciais, e o encontro passou por um período de equilíbrio, embora com algum ascendente argentino, mas sem oportunidades flagrantes de golo.

A Argentina dilatou a vantagem pelo benfiquista Lucas Ordóñez, aos 16' minutos, na conversão de uma grande penalidade, estabelecendo o resultado com que se atingiu o intervalo e que sentenciava praticamente a presença nas meias de final.

No segundo minuto da segunda parte, a seleção da Argentina elevou a vantagem para 4-0, por Martin Pascual, e desperdiçou uma oportunidade para dilatar a diferença por Lucas Odóñez, aos 31', na tentativa de conversão de um livre direto.

Após uma boa reação da seleção angolana, que esteve perto do golo por André Centeno, aos 32' minutos, Martin Payero e João Pinto, aos 33', a Argentina elevou para 6-0 com um 'bis' de Pablo Alvarez, aos 37' e 45', na finalização de uma jogada rápida de contra-ataque e de um livre direto, respetivamente.

Jogo no Palau Blaugrana, em Barcelona.

Argentina - Angola, 6-0.

Ao intervalo: 3-0.

Marcadores:

1-0, Reinaldo Garcia, 02' minutos.

2-0, Carlos Nicolia, 03'.

3-0, Lucas Ordóñez, 16' (grande penalidade).

4-0, Matias Pascual, 27'.

5-0, Pablo Alvarez, 37'.

6-0, Pablo Alvarez, 45' (livre direto).

Sob a arbitragem de Oscar Valverde e Miguel Diaz, de Espanha, as equipas jogaram com:

- Argentina: Valentin Grimalt, Carlos Nicolia, Lucas Ordonez, Matias Platero e Reinaldo Garcia. Jogaram ainda Matias Pascual, Pablo Alvarez e Gonzalo Romero.

Treinador: Jose Luis Paez.

- Angola: Francisco Veludo, André Centeno, Anderson 'Nery' Silva, Humberto 'Big' Mendes e João Pinto. Jogaram ainda Martin Payero, Adilson 'Py´ Diogo, Argentino 'Tino' Agostinho e Francisco Dorivaldo (g.r.).

Treinador: Fernando Falé.

Ação disciplinar: cartão azul para Martin Payero (45).

Assistência: cerca de 400 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.