Pedro Nunes: «Campeonato ainda não está decidido»

Treinador do Benfica quer a equipa concentrada no jogo com o Valongo

• Foto: Paulo Calado

Aproxima-se a passos largos a decisão do campeonato e quando faltam cinco jornadas para o final o líder invicto, Benfica, terá ainda pela frente as três equipas que se seguem na tabela classificativa: FC Porto, Oliveirense e Valongo.

É com uma visita amanhã ao pavilhão valonguense que o campeão nacional inicia este percurso infernal no campeonato, numa partida que o treinador Pedro Nunes considera de muita dificuldade. "Um adversário difícil, bom e muito bem orientado. Está a realizar um campeonato bastante interessante à frente de equipas que no início se apresentavam com mais favoritismo e com outros argumentos", lembra. "Depois há o fator casa. Com um público entusiasta que cria um ambiente hostil aos seus adversários e particularmente ao Benfica, mas que não deixa de ser um extraordinário ambiente e onde nos sentimos muito bem a jogar", disse Pedro Nunes.

Segredo

Apesar dos cinco pontos de vantagem – podem ser 8 se vencer o jogo em atraso com o Candelária – sobre o FC Porto, o técnico do clube da Luz não dá o título como garantido.

"Sabemos que o campeonato não está decidido. Este tem sido um dos nossos segredos, nunca facilitar mesmo em vantagem e não o vamos fazer, porque pode criar-se a ideia de que o Benfica tem vantagem suficiente para ser campeão", alerta o técnico encarnado, que lembra que "quem anda no seio da modalidade, jogadores, treinadores, dirigentes, árbitros, sabe perfeitamente que estas últimas jornadas é que vão determinar o campeão nacional".

Para Pedro Nunes, o jogo frente ao FC Porto, no Dragão, pode não ser decisivo. "Para considerar o resultado do Dragão decisivo é necessário que Benfica e FC Porto cumpram com os seus objetivos. Mas temos ainda três jogos para disputar antes de ir ao Dragão. Valongo, Candelária – recinto difícil e uma equipa que luta pela manutenção – e Paço de Arcos, um clássico entre duas equipas que se conhecem bem e com quem o Benfica sente sempre dificuldades. Estar a falar no Porto é desviar-nos do essencial que é o jogo com o Valongo", avisa.

Águia vai mudar pouco em 2016/17

A única saída confirmada no Benfica é a de Marc Torra. "É um dado adquirido. Por motivos essencialmente pessoais vai regressar a Espanha. Tenho muita pena, assim como toda a estrutura do Benfica. Temos jogadores identificados. Se não os pudermos contratar viramo-nos para dentro do Benfica, porque temos uma excelente formação", disse Pedro Nunes que adiantou que "o Benfica não vai mudar muito porque não tem essa necessidade". Sobre a final-four da Liga Europeia, o técnico foi claro. "Agradecemos ao Benfica por organizar a final-four e decerto o vai fazer bem. A nós, equipa, compete-nos fazer o nosso trabalho e demonstrar dentro da pista que queremos ganhar o título."

Por Vítor Ventura
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0