Bruno de Carvalho exigiu afastamento de quatro jogadores

Exibição pouco conseguida em Barcelos na prova europeia terá irritado presidente

• Foto: José Moreira
Uma semana depois de ter perdido a meia-final da Taça CERS com o Vilanova, o Sporting foi a Vale de Cambra disputar um jogo do campeonato sem Luís Viana, Cacau, Tiago Losna e capitão Ricardo Figueira, o que causou estranheza. Segundo apurámos, a exibição pouco conseguida em Barcelos na prova europeia terá irritado Bruno de Carvalho, que não gostou da alegada falta de empenho daqueles jogadores, exigindo assim o seu afastamento da equipa. Nunca mais voltaram a vestir a camisola do Sporting e passaram a treinar-se à parte dos restantes companheiros.

Mas José Trindade, coordenador geral do hóquei em patins do Sporting, assegura, quando contactado por Record, que a decisão não partiu de ninguém em particular. "Foi uma decisão do Sporting, que tivemos de implementar. Foi tomada por todas as pessoas intervenientes de forma coletiva", afiança.

Segundo apurámos, os quatro jogadores terão sido contactados no sentido de começarem a treinar-se à parte do grupo, sendo-lhes mesmo dada a hipótese de, desde logo, darem como finda a temporada, quando ainda faltavam quatro jornadas para o final do campeonato. Ricardo Figueira, que já se sabia deveria pendurar os patins, foi o único a abdicar da ligação desportiva, continuando no entanto ligado ao departamento médico do clube. Tiago Losna termina agora contrato, mas Luís Viana e Cacau ainda têm vínculo com os leões para a próxima temporada. "Em breve tornaremos pública a nossa posição sobre os jogadores que têm contrato e também sobre os que não têm", frisa ainda José Trindade.

Também para breve estará um anúncio oficial sobre a estratégia a seguir relativamente aos jovens jogadores, que fundamentará a opção tomada de integrar João Rodrigo Campelo, Rafael Lourenço, Tomás Moreira e Manuel Coimbra na equipa depois da Taça CERS. "A decisão nem deve ser vista como uma penalização para os seniores, mas sim positivamente", ressalva. "Temos jogadores na equipa de sub-20 com qualidade e o Sporting vai fazer uma forte aposta na formação", afirma Trindade.

Quem os viu...

Luís Viana e Cacau foram contratados com pompa no último defeso. Protagonistas do título europeu do Benfica em 2013, chegavam a Alvalade como os grandes reforços, a par de Estebán Abalos. E mesmo privado da reta final da temporada, Luís Viana foi inclusivamente o melhor marcador dos leões esta época. Tiago Losna chegou em 2014 do FC Porto, na primeira vaga de forte investimento.

Já a situação de Ricardo Figueira é diferente. No final da temporada 2012/13 o médico, campeão do Mundo por Portugal em 2003, pese estar fora de forma, por afastamento prolongado (devido a afazeres profissionais), foi um dos artífices de uma permanência complicada dos leões na 1ª Divisão. Figueira tornar-se-ia capitão, símbolo do reerguer do leão no hóquei em patins nacional, ao levantar a Taça CERS em 2014/15, e a Supertaça António Livramento em setembro do ano passado.

Nos bastidores fala-se da possibilidade de Luís Viana reforçar o Valença (recém-promovido ao principal escalão) e de Cacau regressar a Itália. Mas para já, e dado o vínculo ao Sporting, não haverá nada de concreto.
24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas