Reinaldo Ventura diz que objetivo é conquistar o título mundial

Portugal disputa a competição na China de 2 a 9 de Setembro

• Foto: Bruno Teixeira Pires

Reinaldo Ventura, jogador da seleção nacional, que de sexta-feira a 9 de setembro vai disputar o Mundial na China, admitiu que o objetivo passa por vencer a prova, apesar das dificuldades esperadas.

O jogador mais velho do grupo escolhido por Luís Sénica, que este sábado viajou para Macau onde vai fazer um estágio de uma semana, defendeu, em entrevista à agência Lusa, que as expectativas estão elevadas, bem como a vontade de manter o ciclo vitorioso do grupo luso.

"As expectativas são sempre as mesmas e que passam por vencer o Campeonato do Mundo. Logicamente que vai ser intenso, difícil, e que vamos ter dificuldades, mas os outros também as vão ter porque vão jogar contra nós", garantiu Reinaldo Ventura, jogador que esta época se mudou do Óquei de Barcelos para Itália, onde representa o Viareggio.

A união da equipa portuguesa é, segundo o jogador, uma mais-valia, bem como a experiência. Esses serão, segundo Reinaldo Ventura, os principais ingredientes que poderão ajudar o grupo a conquistar o título mundial conquistado pela última vez por Portugal em 2003, em Oliveira de Azeméis.

"Em termos de equipa somos os mesmos. Muito fortes em termos coletivo, com uma ligação boa. Conhecemo-nos todos muito bem. Cada um com as suas coisas boas e más, mas entendemo-nos muito bem. O que faz com que dentro de campo sejamos muito fortes, uma equipa com grande ambição e que quer prolongar este período de vitórias de Portugal. Estamos dispostos a tudo para isso", referiu o jogador.

Mesmo assim, Reinaldo Ventura diz acreditar que a seleção portuguesa vai encontrar dificuldades, e isso poderá acontecer logo no primeiro jogo, frente à Argentina.

"Claro que esperamos dificuldades. Mas, se queremos ser campeões do mundo temos que ganhar aos melhores. É com essa ideia que vamos. E é assim que vamos pensar logo no primeiro jogo", reforçou.

Além das dificuldades impostas pelas equipas que vai defrontar, Portugal vai ser confrontado com uma diferença horária que poderá afetar em diversos sentidos, sendo que Reinaldo Ventura acredita que o grupo está preparado e que vai partir no mesmo patamar das outras equipas.

"Estamos preparados para as diversas adversidades. A diferença horária é uma delas, mas será igual para todos. Estamos a fazer de tudo para o impacto ser o menor possível", acrescentou.

Portugal vai disputar o 43.º Campeonato do Mundo de hóquei em patins, em Nanjing, na China, entre sexta-feira e 09 de setembro.

Além da Argentina, detentora do título mundial, Portugal vai defrontar no Grupo A da primeira fase, Itália e França.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.