Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Mário Narciso lamenta erros de Portugal frente à Espanha: «Agora levo a medalha de cortiça...»

Declarações do selecionador nacional de futebol de praia depois da eliminação em penáltis nos Jogos Europeus

• Foto: FPF

O selecionador português de futebol de praia, Mário Narciso, disse este sábado que a equipa foi penalizada pelos erros cometidos frente à Espanha, que lhe custaram a medalha de bronze nos Jogos Europeus, após derrota no desempate por penáltis.

"Agora, levo [a medalha] de cortiça. Temos de respeitar os adversários e dar valor a quem ganhou. Parabéns aos medalhados. [...] Ando aqui há 10 anos e tiro sempre ilações. Quando vir o vídeo do jogo, se calhar vou tirar ainda mais", disse após o desafio.

O duelo ibérico terminou empatado 5-5, resultado que se manteve no prolongamento, obrigando a penáltis que foram favoráveis a Espanha, por 2-0.

"Não devíamos ter chegado aos penáltis. Tivemos situações mais do que suficientes para vencer. Os erros pagam-se caros e sofremos mais uma derrota nos penáltis", lamentou, um dia depois de Portugal ter falhado a final precisamente do mesmo modo, ante a Suíça.

Hoje, Jordan Santos, André Lourenço e Duarte Algarvio permitiram a defesa do guarda-redes, enquanto Rui Coimbra não acertou com a baliza, bastando à Espanha bater duas vezes Elinton Andrade para festejar.

Mário Narciso, que na sexta-feira disse ter sido a primeira vez que a sua equipa tinha perdido no tira-teimas dos penáltis, garantiu que não acredita em "fantasmas" da véspera ou falta de treino específico, sendo antes mais apologista do momento emocional dos atletas.

"Não sei se na cabeça dos jogadores ficou algum fantasma. Penso que não. Nunca tinha visto falhar quatro penáltis seguidos. Acontece. Se calhar temos de trabalhar mais um bocadinho... Não depende do treino, mas da forma psicológica nesse momento", considerou.

Depois da medalha de bronze em Baku'2015 e do ouro em Minsk'2019, Portugal estreou-se a ficar fora do pódio, ao contrário da seleção feminina que no desafio anterior garantiu o bronze ao impor-se frente à Polónia no mesmo método de desempate.

Portugal soma 15 pódios em Cracóvia'2023, com os três ouros, as sete pratas e os cinco bronzes já conquistados.

A terceira edição dos Jogos Europeus decorre até domingo em Cracóvia e na região polaca de Malopolska, com 30 modalidades no programa e 48 países participantes, incluindo Portugal, que tem uma delegação com mais de duas centenas de atletas.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Europeus

Notícias

Notícias Mais Vistas