COI condena atentados "odiosos"

Bruxelas foi esta terça-feira alvo de ataques terroristas

• Foto: Reuters

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, condenou esta terça-feira os "odiosos" e "cobardes" atentados em Bruxelas, no que considera ser um ataque contra os valores humanos.

Em comunicado, o dirigente transmitiu as suas condolências aos familiares e amigos das vítimas e assegurou que o COI está "ao lado" do povo belga e europeu.

"Estes e outros atos terroristas em diferentes países mostram que os valores olímpicos de entendimento, respeito e paz são hoje mais importantes do que nunca para o nosso Mundo", conclui.

A cidade de Bruxelas foi esta terça-feira de manhã abalada por dois atentados, com duas explosões no aeroporto e uma no metro da capital da Bélgica, que fizeram pelo menos 34 mortos e perto de 200 feridos.

As três explosões foram qualificadas pelas autoridades belgas como atentados terroristas, que foram entretanto reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

O nível de alerta terrorista na Bélgica foi elevado para quatro, o máximo da escala.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas