Japão determinado em acolher os Jogos Olímpicos "a quaquer custo"

Ministra Seiko Hashimoto confiante na realização do evento

• Foto: Record

O Japão está determinado em acolher "a qualquer custo" os Jogos Olímpicos no próximo verão, por consideração a atletas e patrocinadores, afirmou esta terça-feira a ministra nipónica para os Jogos, Seiko Hashimoto.

"Acreditamos que temos tudo para acolher os Jogos a qualquer custo", disse a ministra, considerando que "os esforços devem ser concentrados na luta contra o coronavírus", responsável pela pandemia de covid-19 que obrigou ao adiamento da competição de 2020 para 2021.

Seiko Hashimoto referiu que os Jogos devem realizar-se por respeito "às muitas pessoas que trabalham na sua preparação, e sobretudo aos atletas que estão a fazer esforços consideráveis para ser prepararem para o próximo ano, num contexto difícil".

Entretanto, a nova comissão executiva do Comité Olímpico Internacional (COI), que em julho integrou novos membros, vai reunir na quarta-feira para analisar os preparativos para os Jogos Tóquio2020, que deverão realizar-se entre 23 de julho e 08 de agosto de 2021.

A reunião da comissão executiva coincide praticamente com a anúncio da retoma de algumas modalidades olímpicas, como o judo e a ginástica, mas numa altura de muitas incertezas em relação à evolução da pandemia de covid-19, que obrigou ao adiamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos para o verão de 2021.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.