Jogos da Juventude de 2022 vão realizar-se em África

COI aprova por unanimidade escolha do continente, falta apenas definir o país

Presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach

"Parabéns, África, a tua hora chegou", disse esta quarta-feira o presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, após a aprovação da proposta de atribuição dos Jogos da Juventude de 2022 àquele continente, por decisão unânime da assembleia do organismo.

O Senegal é o país melhor posicionado para assumir a organização dos Jogos da Juventude de 2022, depois de o governo do país ter já demonstrado interesse e uma delegação do COI ter examinado e ficado satisfeita com as instalações desportivas e infraestruturas gerais.

Thomas Bach pediu aos membros da assembleia geral do COI, que hoje conclui dois dias de reuniões em PyeongChang, antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno, que contemplassem "dar prioridade ao continente africano" na eleição dos Jogos da Juventude de 2022.

A decisão final, após a proposta ter sido aprovada por unanimidade através de uma votação de braço no ar, será tomada precisamente durante a edição deste ano, em outubro, que irá decorrer em Buenos Aires, na Argentina.

"A África é o local de nascimento de grandes atletas de sucesso, um jovem continente que nunca organizou Jogos Olímpicos nem Jogos da Juventude", resumiu o presidente do COI, o alemão Thomas Bach.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.