Jogos Olímpicos vão custar mais 2 mil milhões de euros

Devido aos custos operacionais e ao impacto financeiro provocado pelas medidas necessárias a adotar contra a Covid-19

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio anunciaram esta sexta-feira que o acontecimento desportivo adiado para 2021 vai custar mais 2,1 mil milhões de euros do que estava previsto.

As olimpíadas de verão foram adiadas para o próximo ano devido à pandemia de SARS CoV-2. 

De acordo com o comité organizador, os valores adicionais ficam a dever-se aos custos operacionais e ao impacto financeiro provocado pelas medidas necessárias a adotar contra o novo coronavírus, que vão ser instalados nos jogos. 

 Os Jogos Olímpicos Tóquio2020, que deverão contar com a participação de cerca de 11.000 atletas, vão realizar-se entre 23 de julho e 08 de agosto do próximo ano, depois de terem sido adiados devido à pandemia de Covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

A remada perfeita

Novato Afonso Costa e experiente Pedro Fraga apuram-se para Tóquio no double-scull ligeiro

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.