Kikas lamenta adiamento dos Jogos e muda foco para vencer pandemia: «Vou cumprir o meu isolamento»

Novo coronavírus já infetou mais de 386 mil pessoas em todo o mundo

O surfista português Frederico Morais apontou esta terça-feira "vencer o desafio da pandemia" de Covid-19 como "principal foco", depois do adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio'2020 para 2021.

"Estava ansioso para estes Jogos e claro que me entristece que não se possam realizar neste momento", começou por dizer o cascalense, já qualificado para a estreia do surf no programa olímpico.

O Comité Olímpico Internacional (COI) e o Comité Organizador dos Jogos decidiram hoje remarcar os Jogos "para uma data posterior a 2020 e nunca depois do verão de 2021", por forma a "para salvaguardar a saúde dos atletas, de toda a gente envolvida nos Jogos Olímpicos e de comunidade internacional".

"Neste momento, o principal foco e objetivo passa por vencer o desafio da pandemia e isso implica estar em segurança, adotando um comportamento de acordo com as recomendações das autoridades de saúde", frisou à agência Lusa Frederico Morais.

O adiamento dos Jogos e a suspensão das competições oficiais de surf até ao fim de maio, vai permitir o cumprimento escrupuloso das indicações das autoridades sanitárias.

"A verdade é que o facto de os Jogos terem sido adiados tranquiliza os atletas e permite-nos uma preparação de acordo com as exigências que o alto rendimento implica, quando todas as condições estiverem reunidas. Assim, e sem a pressão de cumprir os treinos para garantir a minha performance, vou cumprir o meu isolamento social sem ter de me deslocar à praia para treinar no mar", concluiu.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 386 mil pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 17.000 morreram.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.