Lesões em discussão

Esta sessão contou com a presença de quatro oradores que têm papéis fulcrais na Seleção

José Gomes Pereira participou na sessão
José Gomes Pereira participou na sessão • Foto: Miguel Barreira

Com o regresso gradual dos atletas aos treinos, o Comité Olímpico Português decidiu organizar uma espécie de mesa redonda, desta feita por videoconferência, na qual juntou José Gomes Pereira (médico), Cláudia Minderico (nutricionista), Ana Bispo Ramires (psicóloga) e Rita Fernandes (fisioterapeuta) para discutirem o tema das lesões desportivas, sessão moderada por Pedro Roque, diretor do COP.

Quem tomou primeiro a palavra foi o doutor José Gomes Pereira, profundo conhecedor da realidade do futebol. "Um atleta para evoluir tem de ser agredido todos os dias, de modo a desafiar o corpo, mas isso também o torna mais vulnerável", começou por dizer, frisando que "entre 60 e 70 por cento das lesões são causadas pela sobrecarga de treino".

Por sua vez, Ana Ramires destacou a importância da saúde mental. "Quanto mais recursos psicológicos o atleta tiver, melhor vai ultrapassar o período da lesão e, quanto mais ansioso for, mais vulnerável é", referiu, complementada por Rita Fernandes: "Os atletas confiarem nas pessoas que estão ao lado deles, como nós fisioterapeutas, é muito importante."

Por fim, Cláudia Minderico deu algumas dicas. "Depois do esforço há que hidratar muito bem e restabelecer o nível de glicogénio", concluiu.

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0