Noruega é o primeiro país a pedir oficialmente o adiamento dos Jogos Olímpicos

Comunicado enviado ao Comité Olímpico Internacional

• Foto: Getty Images

O Comité Olímpico da Noruega tornou-se, esta sexta-feira, no primeiro em todo o mundo a pedir formalmente ao Comité Olímpico Internacional o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, marcados para este verão, devido à pandemia de coronavírus.

"Tendo em conta a situação pouco clara na Noruega e em grande parte do mundo, não é defensável nem desejável enviar desportistas noruegueses aos Jogos de Tóquio antes que a sociedade mundial tenha superado esta pandemia", pode ler-se no comunicado assinado pela presidente do Comité Olímpico da Noruega, Berit Kjoll.

O organismo norueguês sublinha que a situação no mundo é "complexa, exigente e perigosa" e avança que, independentemente da decisão final sobre o adiamento ou não dos Jogos Olímpicos, tomará a sua própria posição sobre a ida de atletas daquele país à competição.

O Comité Olímpico da Noruega recorda ainda que as autoridades do país tomaram, no passado dia 12, várias medidas para travar a propagação do Covid-19 – e que uma delas é a proibição de qualquer atividade desportiva organizada que coloque o desporto norueguês em risco.

As autoridades japonesas têm manifestado a intenção de manter a realização dos Jogos Olímpicos neste verão e continuam a garantir que vão estar reunidas as condições necessárias.

Por Miguel Custódio
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.